Medicina na Literatura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Medicina na Literatura

Mensagem  láudano em Ter Dez 30, 2008 2:29 pm

Caros colegas,

Gostaria de saber a vossa opinião sobre o livro "Sinto Muito" do Prof. Doutor Nuno Lobo Antunes. Acabei o livro com uma sensação de que tinha conhecido (mais) o autor e que, surpreendentemente, tinha descido alguns pontos na minha (insignificante) consideração.

Para quem não conhece, aqui fica a sugestão:

«É um livro de confissões/memórias de um neuro oncologista pediátrico e hoje neurologista sobre doenças de deficit de atenção. Uma reflexão sentida sobre aquilo porque muitas pessoas têm que passar ao longo da vida ou já no fim dela. Sinto Muito é sobre o sofrimento em geral, sobre a dor, seguida de perda, seguida de dor. Entristece o coração, mas recompensa-o grandemente, tornando-o mais leve e melhor. Nuno Lobo Antunes pretende, com bom propósito e bons resultados, deixar que o seu coração se pronuncie, que se liberte a sua voz, que seja conhecida a sua humanidade. E, na verdade, a alma fala.»

Cumprimentos

Edit (da administração): Falem também sobre outros livros que estejam relacionados com medicina neste tópico!

láudano

Mensagens : 35
Data de inscrição : 30/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  MarCosta em Ter Dez 30, 2008 2:35 pm

Aí está um livro que tenho intenções de ler. Entretanto a minha estante está cheia com livros nunca abertos e tenho que acabar com eles...
Apenas vi na televisão o Sr. a falar. Da primeira vez que vi pensei: "Olha aqui está um livro provavelmente bom que deve contar experiências interessantes e que deve ser útil de ler"
Da segunda vez que o ouvi pensei: "Hmmm acho que ele vai fazer uns trocos à custa distoe se calhar não "sente assim tanto""

Qual achas que é a versão mais próxima da realidade?

Como ainda não li não posso dizer muito mais...

_________________
avatar
MarCosta
Administrador

Mensagens : 127
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia / Covilhã

Ver perfil do usuário http://medstudentsportugal.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  lctmz em Ter Dez 30, 2008 2:41 pm

No outro dia folheei o livro; são vários capítulos e em cada um relata a história do doente, ou algo do género, estou certa? Ou seja, há conta diferentes histórias clínicas... Pareceu-me, posso estar errada...

Também vi na televisão e pensei que seria um bom livro a ler. Quem o leu que dê, então a opinião e conte mais pormenores!! Very Happy

lctmz
Administrador

Mensagens : 101
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 27
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  láudano em Ter Dez 30, 2008 2:42 pm

MarCosta escreveu:Aí está um livro que tenho intenções de ler. Entretanto a minha estante está cheia com livros nunca abertos e tenho que acabar com eles...
Apenas vi na televisão o Sr. a falar. Da primeira vez que vi pensei: "Olha aqui está um livro provavelmente bom que deve contar experiências interessantes e que deve ser útil de ler"
Da segunda vez que o ouvi pensei: "Hmmm acho que ele vai fazer uns trocos à custa distoe se calhar não "sente assim tanto""

Qual achas que é a versão mais próxima da realidade?

Como ainda não li não posso dizer muito mais...

Pessoalmente, adorei o livro! As experiências pelo autor descritas são espectaculares. Acho que o livro (só) vale muito por isso. Quanto à parte literária, está longe de um Nobel. Por vezes o "romance e embelezamento" da prosa é forçado e a própria escrita não é tão fluída!
Colocando de parte o embelezamento que o autor dá ao seu texto acho que há passagens em que somos envolvidos pelas situações descritas e que realmente se "ele não sentiu assim tanto" sentimos nós! Mais uma vez, pelas experiências de vida relatadas, lê-lo-ia de novo Wink

láudano

Mensagens : 35
Data de inscrição : 30/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  lctmz em Ter Dez 30, 2008 2:44 pm

Obrigada por vires aqui dar a tua opinião; fiquei bastante inclinada a comprar o livro. Depois darei também a minha opinião! Smile

lctmz
Administrador

Mensagens : 101
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 27
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  láudano em Ter Dez 30, 2008 2:46 pm

lctmz escreveu:No outro dia folheei o livro; são vários capítulos e em cada um relata a história do doente, ou algo do género, estou certa? Ou seja, há conta diferentes histórias clínicas... Pareceu-me, posso estar errada...

Também vi na televisão e pensei que seria um bom livro a ler. Quem o leu que dê, então a opinião e conte mais pormenores!! Very Happy

Sim, o livro é de leitura muito fácil. Está divido em muitos e pequenos capítulos. Não descrevem é histórias clínicas! Descrevem é "situações" clínicas e o problema vivido, por vezes por parte do médico e por outras vezes por parte dos próprios pacientes e familiares.

láudano

Mensagens : 35
Data de inscrição : 30/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  MarCosta em Ter Dez 30, 2008 2:47 pm

Então vou esperar que a lctmz o compre e depois peço-lhe emprestado Very Happy
Fiquei com vontade de o ler na altura e agora fiquei com mais vontade...

_________________
avatar
MarCosta
Administrador

Mensagens : 127
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia / Covilhã

Ver perfil do usuário http://medstudentsportugal.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Ana Cinza em Ter Dez 30, 2008 6:28 pm

também eu me senti tentada a adquirir este livro e fi-lo passar à frente dos muitos que ainda persistem na estante, nunca abertos... Razz

ainda nao terminei, visto que só o recebi de prenda de Natal '-.- e tenho tido a Anatomia à perna nos últimos dias Mad de todo o modo...do pouco que tenho lido...não é FASCINANTE E O MELHOR LIVRO DO MUNDO, mas a maneira como ele simplifica sentimentos, expressões e coisas que nos poderão vir a acontecer no futuro, vale a leitura...o facto de estar dividido em muitas "historiazinhas" que nao sao, de todo, anamneses, facilita a sua leitura e da-nos tempo para pensar sobre o assunto e chegar à conclusão do "sinto muito"...porque este é, sem duvida, um livro para se sentir Smile

Ana Cinza

Mensagens : 13
Data de inscrição : 30/12/2008
Idade : 28
Localização : Évora/Lisboa

Ver perfil do usuário http://reconditaparte.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  láudano em Qua Dez 31, 2008 4:09 am

Ana Cinza escreveu:também eu me senti tentada a adquirir este livro e fi-lo passar à frente dos muitos que ainda persistem na estante, nunca abertos... Razz

ainda nao terminei, visto que só o recebi de prenda de Natal '-.- e tenho tido a Anatomia à perna nos últimos dias Mad de todo o modo...do pouco que tenho lido...não é FASCINANTE E O MELHOR LIVRO DO MUNDO, mas a maneira como ele simplifica sentimentos, expressões e coisas que nos poderão vir a acontecer no futuro, vale a leitura...o facto de estar dividido em muitas "historiazinhas" que nao sao, de todo, anamneses, facilita a sua leitura e da-nos tempo para pensar sobre o assunto e chegar à conclusão do "sinto muito"...porque este é, sem duvida, um livro para se sentir Smile

Olá. E o que achaste da própria personalidade do autor? Sinceramente, eu já não o achava uma pessoa "simpática". Depois de ler o livro fiquei a achar que o autor é, de facto, bom para os pacientes e perante as situações mas a sua atitude perante coisas e opiniões de outros deixam muito a desejar. Enfim... Nota-se que o autor é já uma pessoa que nada tem a provar a ninguém Wink

láudano

Mensagens : 35
Data de inscrição : 30/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Zarzy em Qua Dez 31, 2008 6:07 am

Recebi o livro "Sinto muito" no Natal e estou anciosa por o ler.Vi o no lançamento e cheguei a desfolha-lo e pareceu-me muito interessante, depois de o ler deixarei aqui a minha opinião.
Um livro que achei fantástico foi "Saga de um pensador", de Augusto Cury, médico psiquiatra. Wink

Zarzy

Mensagens : 4
Data de inscrição : 30/12/2008
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  lctmz em Qua Dez 31, 2008 7:10 am

Zarzy escreveu:
Um livro que achei fantástico foi "Saga de um pensador", de Augusto Cury, médico psiquiatra. Wink
Li estas férias de Natal!! Também gostei!! Smile
Com algumas coisas irrealistas, por vezes, mas gostei... Very Happy


"A ansiedade pulsava no interior de alguns jovens . Um grande sonho encenava-se no teatro de suas emoções. Movidos pela euforia percorriam como crianças os corredores das salas de aula da Faculdade de Medicina.
Olhos fixos nas paredes, cativados por estranhas e belas imagens que retratavam detalhes do tórax e músculos. Imagens de corpos nus dissecados revelavam que por dentro os seres humanos sempre foram mais iguais do que imaginaram. A fotografia de um cérebro, saturado de reentrâncias, como riachos que sulcam a terra, indicava o centro vital de nossa inteligência e de nossas loucuras.
Tinha chegado o grande dia, o mais esperado e o mais temido. Os novos alunos teriam a primeira aula de Anatomia. Desvendariam os segredos do objecto mais complexo da ciência: o corpo humano. Impacientes, aguardavam os seus mestres do lado de fora do laboratório, que exalava um ar enigmático.
Não lhes cabia no imaginário o que os esperava. Queriam ser heróis da vida, aliviar a dor e prolongar a existência, mas o currículo insensível da medicina abalá-los-ia, sem nenhuma preparação, com a imagem grotesca da morte. O sonho de se tornarem heróis da vida receberia um duro golpe. Iam deparar-se com corpos despidos, dispostos sequencialmente, como animais.
Finalmente, chegaram os professores e os técnicos de anatomia. Subtraiu-se a palavra, e um silêncio gélido envolveu o grupo. Os professores entraram na grande sala do laboratório e convidaram os sessenta alunos a acompanhá-los. Caminharam lentamente, espremidos, pela porta dupla, mas estreita.
Como se estivessem a assistir a um grande espectáculo, a tensão aumentou e procurou órgãos para se alojar, provocando sintomas psicossomáticos. Uns sentiram palpitação, outros ficaram ofegantes e ainda outros transpiraram.

(...)

A fazer face aos conflitos dos alunos estavam os professores e técnicos no fundo da sala. Alguns entreolhavam-se e riam diante do desespero da plateia. São caloiros (...) "

lctmz
Administrador

Mensagens : 101
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 27
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  LS em Sex Jan 02, 2009 9:45 am

lctmz escreveu:
Li estas férias de Natal!! Também gostei!! Smile
Com algumas coisas irrealistas, por vezes, mas gostei... Very Happy


"A ansiedade pulsava no interior de alguns jovens . Um grande sonho encenava-se no teatro de suas emoções. Movidos pela euforia percorriam como crianças os corredores das salas de aula da Faculdade de Medicina.
Olhos fixos nas paredes, cativados por estranhas e belas imagens que retratavam detalhes do tórax e músculos. Imagens de corpos nus dissecados revelavam que por dentro os seres humanos sempre foram mais iguais do que imaginaram. A fotografia de um cérebro, saturado de reentrâncias, como riachos que sulcam a terra, indicava o centro vital de nossa inteligência e de nossas loucuras.
Tinha chegado o grande dia, o mais esperado e o mais temido. Os novos alunos teriam a primeira aula de Anatomia. Desvendariam os segredos do objecto mais complexo da ciência: o corpo humano. Impacientes, aguardavam os seus mestres do lado de fora do laboratório, que exalava um ar enigmático.
Não lhes cabia no imaginário o que os esperava. Queriam ser heróis da vida, aliviar a dor e prolongar a existência, mas o currículo insensível da medicina abalá-los-ia, sem nenhuma preparação, com a imagem grotesca da morte. O sonho de se tornarem heróis da vida receberia um duro golpe. Iam deparar-se com corpos despidos, dispostos sequencialmente, como animais.
Finalmente, chegaram os professores e os técnicos de anatomia. Subtraiu-se a palavra, e um silêncio gélido envolveu o grupo. Os professores entraram na grande sala do laboratório e convidaram os sessenta alunos a acompanhá-los. Caminharam lentamente, espremidos, pela porta dupla, mas estreita.
Como se estivessem a assistir a um grande espectáculo, a tensão aumentou e procurou órgãos para se alojar, provocando sintomas psicossomáticos. Uns sentiram palpitação, outros ficaram ofegantes e ainda outros transpiraram.

(...)

A fazer face aos conflitos dos alunos estavam os professores e técnicos no fundo da sala. Alguns entreolhavam-se e riam diante do desespero da plateia. São caloiros (...) "

Gostei muito da passagem! Very Happy

LS

Mensagens : 27
Data de inscrição : 30/12/2008
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  lctmz em Sex Jan 02, 2009 9:58 am

Também gostei e foi para que todos pudessem ler, que aqui deixei.
Augusto Cury, médico psiquiatra, e muitos médicos por esse Mundo fora passam por uma experiência semelhante...

lctmz
Administrador

Mensagens : 101
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 27
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  sam em Sex Jan 02, 2009 11:48 am

esse livro foi uma das minhas prendas de natal. assim que despachar os exames vou tratar de o ler. quando tiver uma opiniao sobre ele deixo aqui x)

sam

Mensagens : 8
Data de inscrição : 30/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  lctmz em Dom Jan 04, 2009 6:40 am

Alguém já leu Retalhos da Vida de um Médico, de Fernando Namora? Eu li a "parte 2" e gostaria de saber se a "parte 1" é do mesmo género...

lctmz
Administrador

Mensagens : 101
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 27
Localização : Braga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Sarocas em Qui Jan 08, 2009 3:58 pm

láudano escreveu:
Ana Cinza escreveu:também eu me senti tentada a adquirir este livro e fi-lo passar à frente dos muitos que ainda persistem na estante, nunca abertos... Razz

ainda nao terminei, visto que só o recebi de prenda de Natal '-.- e tenho tido a Anatomia à perna nos últimos dias Mad de todo o modo...do pouco que tenho lido...não é FASCINANTE E O MELHOR LIVRO DO MUNDO, mas a maneira como ele simplifica sentimentos, expressões e coisas que nos poderão vir a acontecer no futuro, vale a leitura...o facto de estar dividido em muitas "historiazinhas" que nao sao, de todo, anamneses, facilita a sua leitura e da-nos tempo para pensar sobre o assunto e chegar à conclusão do "sinto muito"...porque este é, sem duvida, um livro para se sentir Smile

Olá. E o que achaste da própria personalidade do autor? Sinceramente, eu já não o achava uma pessoa "simpática". Depois de ler o livro fiquei a achar que o autor é, de facto, bom para os pacientes e perante as situações mas a sua atitude perante coisas e opiniões de outros deixam muito a desejar. Enfim... Nota-se que o autor é já uma pessoa que nada tem a provar a ninguém Wink

"Criancinhas" Wink , vocês não estarão a confundir Nuno Lobo Antunes com João Lobo Antunes? É que o 1º não tem assim uma projecção mediática tão grande... Enquanto que o 2º... Cool Eles são irmãos mas...

Sarocas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Ana Cinza em Sab Jan 10, 2009 10:12 am

"adultazinha", espero, com isto, responder à tua resposta

http://www.portaldaliteratura.com/livros.php?livro=4452

Autor
Nuno Lobo Antunes

Editora
Verso da Kapa

Sinopse
"Sinto muito" é sobre o sofrimento em geral, sobre a dor, seguida de perda, seguida de dor. Entristece o coração, mas recompensa-o grandemente, tornando-o mais leve e melhor. Nuno Lobo Antunes pretende, com bom propósito e bons resultados, deixar que o seu coração se pronuncie, que se liberte a sua voz, que seja conhecida a sua humanidade. E, na verdade, a alma fala.

Há no médico o desejo de ser santo, de ser maior. Mas na sua memória transporta, como um fardo, olhares, sons, cheiros e tudo o que o lembra de ser menor e imperfeito.
Este é um livro de confissões. Uma peregrinação interior em que a bailarina torce o pé, o saltador derruba a barra, o arquitecto se senta debaixo da abóbada, e no fim, ela desaba.
O médico e o seu doente são um só, face dupla da mesma moeda. O médico provoca o Criador, não lhe vai na finta, evita o engodo. Mas no cais despede-se, e pede perdão por não ter sido parceiro para tal desafio.»

-----------------------------------------------------------------------------------

Qto a minha opiniao final...mantem-se...é um bom livro para entreter, mas nao mais que isso Smile

Ana Cinza

Mensagens : 13
Data de inscrição : 30/12/2008
Idade : 28
Localização : Évora/Lisboa

Ver perfil do usuário http://reconditaparte.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Sarocas em Sab Jan 10, 2009 10:28 am

Eu sei quem é o autor do livro, mas o Láudano mencionou que já o achava pouco "simpático". Comparando as projecções mediáticas de ambos, interroguei-me apenas se não estaria a confudir a pessoa pouco simpática (João Lobo Antunes - neurocirurgião, mandatário das campanhas presidenciais dos últimos 2 presidentes, membro do Conselho de Estado, já com 3 ou 4 livros publicados,convidado frequente em programas televisivos e ex-presidente da Assembleia de Representantes da FML cyclops - que realmente passa um pouco essa imagem) com o irmão mais novo e autor deste livro, que tem uma projecção mediática relativamente reduzida (pelo menos até ao lançamento do livro) e que, até agora, era sempre conhecido como o irmão dos outros dois.

E o "criancinhas" é pelo fórum ainda ser bebézinho Wink

Sarocas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Ana Cinza em Sab Jan 10, 2009 12:22 pm

Na realidade, nao creio que a minha opiniao sobre o livro extrapolasse muito para a opiniao sobre o autor, mais propriamente, sobre a sua personalidade...quanto a Joao Lobo Antunes, tb sei quem é, à semelhança do que acontece com Antonio Lobo Antunes e Nuno Lobo Antunes...Uma familia de médicos, uma familia de escritores...

Nuno Lobo Antunes talvez seja dos mais "joviais, alegres e descontraidos..." dos seus familiares escritores/médicos...nao o tendo achado "pouco simpático"...de todo o modo, o livro nao é um best-seller...

Ana Cinza

Mensagens : 13
Data de inscrição : 30/12/2008
Idade : 28
Localização : Évora/Lisboa

Ver perfil do usuário http://reconditaparte.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  MarCosta em Sab Jan 17, 2009 10:31 am

Alguém leu o livro "Vivências de um médico" de Henrique da Silva Araújo?
Basicamente é um livro com um português muito muito muuuuiiitooo simples que conta pequenas histórias (que ocupam 1 ou 2 paginas) que passaram por este médico (cirurgião geral). A nível literário leva nota baixa mas as histórias são rapidíssimas de ler, aborda muito o conssentimento dos doentes (as tentativas do médico de convencer os doentes quando eles não querem ser operados) entre outras considerações éticas.
Ainda vou a meio, não é nada de especial, mas reflecte um pouco da realidade da prática de medicina em meios mais rurais.

_________________
avatar
MarCosta
Administrador

Mensagens : 127
Data de inscrição : 29/12/2008
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia / Covilhã

Ver perfil do usuário http://medstudentsportugal.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Medicina na Literatura

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum